segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

Olhinhos verdes?


Posso devorar-te? Pelo menos os olhinhos são comestíveis.
Amoooooooooooooooooooooooooo intensamente e inexplicavelmente você!

Travessuras


Isso vai causar ondas de ciúmes, risos, mas a tia precisa declarar seu amor a este pequeno notável, aluno aplicado de estrelinhas, cambalhotas e pontes. Ele ainda é pequeninho tem medo de cair e bater a cabeça, mas prometi que vou ensinar todas as piruetas, e o sonho de consumo dele é ficar com os pés para cima, incrível que ele cansa, mas a professora não pode, prometo que vou te ensinar!
A tia te ama viu e com certeza vai ver muitos bicos por causa dessa foto, sem falar nos gritos e xororós. Não conto para ninguém que você é o homem-aranha super secreto. Vou querer um beijo enorme em troca dessa homenagem, viu senhor Yan!
Vou em breve para as aulas de acrobacias, pode me ligar cobrando, aproveito e levo o chocolate.
"Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que é convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um." Romanos 12:3

Uma carta




Quanto tempo dura o luto? Sabe que nem sei, mas me faz tanta falta. Queria que provasse a receita nova de salada que fiz no Natal, todo mundo aprovou, mas quis tanto ouvir a sua opinião. Também precisava de alguns conselhos sobre meu casamento, sobre "aquele problema", como desejaria que me ajudasse como mãe, que vesse o Ives.Tantas coisas que queria e que não posso pior do que imensidão do luto e o vazio constante que fica em tudo.


Até sabe, sabia, o verbo certo, que nunca desejei grande coisa, que carro, casas e etc nunca me trouxeram encantos, que sempre só quis me sentir bem, ficar em paz. Agora queria que visse o novo corte da Dudinha, a árvore de Natal, te contar tantas novidades e que me falasse as palavras certas para que eu não errasse tanto. Achei aquela bolsinha jeans de patinho que você levava as minhas coisas para ir para creche. Me lembrei de tudo que fez para que eu alcançasse meus sonhos, principalmente tudo que lutou para que eu tivesse sonhos. Empregada doméstica, lavadeira, quantas coisas. Só Deus pode saber como você se sentia ter que enfrentar, sozinha em muitas vezes, só nós duas em muitas ocasiões. E Deus, só Ele, sabe inclusive a falta que me faz. E hoje mãe posso dizer em Inglês, Francês ou Espanhol lhe dizer quanto queria que estivesse do meu lado, um segundo precioso. Verdade que você me dava certeza de uma amor incondicional, que nunca mais comi direito, voltei até tomar refrigerante, vou parar de novo, ainda fico sem sentido, não triste, não infeliz, muitas vezes indiferente.


Sei que nunca me queria ver triste, nem deixando ninguém me machucar. Se soubessem que algumas pessoas ainda tiveram coragem de me ferir usando a sua memória, pessoas que não sabem, nada sabem e não tiveram esse prazer de desconhecer a nossa luta, o nosso amor e principalmente nossa fé e nosso Deus.


Me lembro de você me chamando de anjinho. Bem trocaria qualquer coisa por um segundo. Lembro que me dizia que Deus era meu pai quando ele estava ausente. Será que Ele também pode ser mãe? Para alguns isso talvez seja sentimentalismo bobo, mas só eu sei quantas perdas foram ... se deixei de amar a Deus? Não! Se não fosse Ele eu se quer respirava mais. Sozinha, às vezes a saudade me deixa assim, solitária em meio a uma multidão. Mas me conheceu o bastante para saber quanto sempre luto para ser sempre feliz, independente dos acasos e ocasiões.


Te amo tanto mãe, te amo tanto pai, amo e amo. Adoro a ti Senhor!

domingo, 28 de dezembro de 2008

Video Yves Larock for my dear

video

Music - By your side!

Mozão!

Sempre eu preferi estar ao lado das pessoas ao invés de qualquer outro jogo
Não gosto de dividir, prefiro somar na vida de alguém
Tão pouco preciso que alguém necessite de mim, acho melhor alguém que se ame o bastante para me amar de forma gigante
Pessoas fortes para mim, são aquelas que sabem simplesmente o que querem e para que vieram
Que me diz, que faz, simplesmente porque sabem de si profundamente bem mais do que eu mesmo e me ansei a descobrir cada manhã um sorriso a mais
Não sou muito diferente, na verdade sou eu mesmo e isso para mim já me basta
Se estou sempre do lado? Sim das pessoas, porque as coisas são compradas e as pessoas conquistadas, e a vida é uma coisa qual gosto bastante de viver!
Se te amo? Lógico, porque você é o que preciso!
Simplesmente "mozão" você me dá sede de viver e me faz bem!
Não gosto de provar nada para ninguém, nem para quem está do meu lado
Simplesmente peça o que quiser, porque eu estou do seu lado,
mas isso não é por necessidade, sinta-se bem porque sempre vou está completa,
mas do que precisar de você para minha felicidade, amor, eu prefiro ser feliz e te proporcionar
felicidades, não é melhor assim? Duas almas completas, uma estrada, onde podemos contar um com o outro, sem ninguém depender de outro para sorrir, mas que somando dá um linda história de uma jornada e bons sorrisos. Corre comigo?! Ao invés de correr atrás de mim ou eu correr atrás de ti, corremos juntos, do lado! Amo-te!
Yes, sua mulher não é romântica, mas um ser que sabe que o amor é bem mais que uma fantasia
e é uma delícia cruzar a linha de chegada da maratona, seja qual for os obstáculos eu vou estar do seu lado.

Ives (brasileiro) - Yves Larock?! Música Eletrônica de contéudo, Charles Ives, compositor americano tudo de bom, Yves Saint Laurent, centro, arco!

O meu centro o que Deus me presenteia, com certeza a minha família é um tesouro, não é a toa que a aliança é um arco?!

Amo-te!

NÃO TENHA MEDO DO AMOR!

Se sem amor nada aproveita, então, sem amor não há vida, pois, caso qualquer coisa gerasse vida, o amor seria apenas uma outra alternativa de vida como existência.

Quando Paulo disse que o amor era o caminho sobremodo excelente, ele não dizia que sem amor há um caminho de vida, ainda que inferior.

Não! Afinal, João decretou que Deus é amor, e, também, que aquele que ama conhece a Deus, e que quem não ama jamais o viu.

O amor não é romântico e nem fantasioso. O amor lida com o que é; sem ficção. Nele cabe o romance quando essa é a relação, mas suas bases são bases de verdade e realidade.

Amar é, segundo Jesus, uma decisão espiritual a ser praticada em relação a tudo e todos.

No entanto, o amor tem que ser como o de Jesus. Amor diferente do amor de Deus não é amor.

Pode-se ver Jesus escolhendo amigos livremente. No entanto, Ele nunca escolheu a quem amar. Ele amava quem Ele via e passava o Seu caminho.

Sim! Amava sempre. Amou os amigos e discípulos, mas amou a todos os inimigos.

E quando se diz que Ele amou alguém, como foi com o “jovem rico”, se o vê amando sem romance. Não! Ele ama apenas com amor, não com emoções empolgadas.

Também se vê que no amor de Jesus o objeto do amor, o “jovem rico”, mesmo amado, é deixado seguir o seu caminho de auto-engano. Afinal, o amor deixa livre sempre.

De fato, o amor não é dono de nada e nem de ninguém.

Quem ama não possui e nem é possuído.

O amor não é um encontro de serpentes famintas engolindo uma a outra.

Amar o inimigo é uma decisão, assim como amar a mulher que um dia se amou e se ama.

Entre homem e mulher o amor quase sempre surge como paixão, desejo e encantamento; porém, somente se mantém como amor mesmo, o qual não tem nada a ver com as miragens iniciais do amor embrionário, se for alimentado pela decisão de amar.

Muitas vezes ouço as pessoas dizerem que querem um amor.

Penso:

Não quer amor nada. Quer apenas um Pet para possuir e ser possuído.

Afinal, quem ama não quer nunca um amor, pois pode amar a todos, indiscriminadamente.

Quem quer um amor quer uma posse, quer um objeto, quer um domínio de propriedade humana.

Cada dia mais é minha convicção que aquele que cresce em amor cresce em tudo na vida; da mente aos atos de vida verificável.

Quem quer expandir a mente deve amar, pois, somente no amor pode-se crescer para atingir o que quer que seja nosso maior potencial nesta vida e na vida porvir.

É triste ver que as pessoas creiam que o amor é apenas um confeito de bolo fraterno e humano, sem que vejam que o amor é a própria vida, e que um ser humano estará tanto mais vivo quanto mais amar com o único amor que existe em projeção eterna: o amor de Deus, que é aquele que tudo sofre, tudo crê, tudo espera e tudo suporta; e que jamais acaba.

O amor pode mudar de configuração conforme a relação. Porém, uma coisa que o amor não sabe é desamar.

Não há mistério. Sim! Vida é amor; e quem ama está no caminho de todas as coisas.

O amor é a síntese única de tudo o que faz a existência acontecer.

E se estamos falando da vida no espírito, nada há que possa ser real e verdadeiro sem amor.

Portanto, quem quer vida eterna, que busque amar; fazendo as decisões do amor todos os dias. Sim! Sem nunca se arrepender do amor.


Caio
Lago Norte
Brasília -DF
www.caiofabio.com
www.vemevetv.com.br

terça-feira, 23 de dezembro de 2008

Feliz Natal


Isaías 9:6 - Assim diz a palavra do profeta do Senhor, escrito há centenas de ano antes do nascimento do Messias:


"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz"


Feliz Natal para todos!

Poesia e Canção

Meu Deus é Soberano

O Deus de Abraão, de Isaque e Jacó

É o mesmo hoje

O Deus de Moisés,de Josué

É o mesmo hoje

Ele levanta os mortos sara e cura os feridos

O Deus que desde a eternidadeestá no controle

O meu Deus é soberano

O meu Deus é soberano

Se o meu coração parar de bater

ele sopra em minhas narinas

E me traz de volta a vida

Preto no branco - uma imagem assim!


Todas as mensagens tocaram, essa representa

Querida Marcela!

É sempre muito bom falar com você. Infelizmente, o que pude fazer por sua querida mãe foi muito pouco, mas Deus, na sua imensa sabedoria e poder, fez o que não podíamos fazer: cuidou de sua mãe com terno amor e a levou porque a queria perto de si. Por isso Ele é Deus. Cremos que Sua vontade é a melhor para as nossas vidas, ainda que não entendamos.
Fique na paz e, obrigada pelos textos.
Tenha um feliz natal, cheio da presença do nosso Pai. E que em 2009 Ele possa completar o incompleto em sua vida e suprir todas as suas necessidades.
Conte comigo.
Abraço carinhoso, Arlene !
* Doutora Arlene - chefe de psicologia do Hospital Araújo Jorge

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Pedras e Flores

"Às vezes em meio as pedras nascem as flores."


Pedras ....


posso pegá-las para fazer um castelo ao invés de atirá-las de volta


posso usá-las como escadas ao invés de tropeçar nelas


posso fazer delas uma ponte ao invés de uma muralha



Pedras...


com uma pedra pela mão de Deus livrou a tribo de Israel de um gigante,usando o jovem Davi, e ensinou que só uma pedra o Senhor pode mudar a história, se com Ele esta ferramenta pode ser usada com sabedoria, mas do que tudo com a certeza de que as pedras no caminho não intervem mas sim modificam histórias se transformadas em recursos ao invés de arma.



Flores ...

De todas as pequenas muitas são as suas defesas, mas nenhuma deixa de perfumar


só porque tem espinho


só porque é pisoteada


ao contrário diante essas situações as flores e rosas exalam melhor o seu aroma


Com as pedras eu com certeza farei castelos, subirei degraus e construirei pontes
Como a flores não deixarei de sorrir diante as adversidades e mesmo quando tiver ao chão não perderei a minha essência e a minha alma, porque mais importantes que os espinhos e a guarda está a plenutide de duas pétalas que temos na face que se abre num sorrir.


Pedras e flores só um pouco do que pode ser a vida.

"(...) A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo." 2 Cor.12:9


Estar perto


Tem momentos que sei que quis estar conosco, também desejavámos muito tê-lo em todo o momentos, a boa companhia e afeto nos faz querer o que nos faz bem e o que nos completa. Nessa alavanca funciona a saudade e o sentimento. O que nos faz bem!
Faz bem estar com quem amamos
Faz bem com que nos faz sorrir
Faz bem ficar até com quem nos faz chorar
Faz bem ficar com quem fazemos parte
Logo tudo que deixa de estar nessa realidade deixa saudade
De todos os desejos muitas vezes quis te ter mais um segundo, assim como foi com minha mãe, assim também será com meu pai, que palavra explica isso e o que vai substituir, não sei, ainda não descobri, só sei o que me conforta é o amor de Deus, princilpamente a sua presença que sempre vai ficar nas lembranças e na nossas vidas.
Sentimentos e Saudades duas coisas próximas que contradizem a expressão do amor verdadeiro.

domingo, 14 de dezembro de 2008

A certeza do amor de Deus



"Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós?


Aquele que nem mesmo a seu próprio Filho poupou, antes o entregou por todos nós, como nos não dará também com ele todas as coisas?


Quem intentará acusação contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.


Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.


Quem nos separará do amor de Cristo? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada?


Como está escrito: Por amor de ti somos entregues à morte todo o dia; Somos reputados como ovelhas para o matadouro.


Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou.


Porque estou certo de que, nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir


Nem a altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus nosso Senhor." Romanos 8:31-39

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

Adorai ...

"Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma?"
Mateus 16:26

"Deus cria a partir do nada. Portanto, enquanto o homem não se reduzir a nada, Deus não poderá fazer nada com ele". Martinho Lutero

Humildade, perdão, amor, dignidade, todos os sentimentos que provem do ensinamento de Cristo só é adquirido por Ele, e por meio Dele, e a alcançar essas virtudes inicia a partir do adoração e da consagração de nossas vidas, tudo se alcança quando se busca, tanto virtudes como enganos de vida.


Essência da Adoração - David Quinlan

Quando a música esmorece e o resto desaparece
Simplesmente a ti me achego
Ansiando oferecer algo de valor
Pra abençoar teu coração
Mais que uma canção eu te darei
Pois apenas uma canção não é o que queres de mim
Mais profundo busca Senhor
Do que os olhos podem ver queres meu coração
Estou voltando a essência da adoração
E a essência és tu, a essência és tu Jesus
Oh me perdoa pelo que eu fiz dela
Quando a essência és tu, a essência és tu Jesus
Rei de Imensurável valor, ninguém pode expressar
quanto és digno
Embora eu seja pobre e fraco tudo que tenho é teu
Cada fôlego meu

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Sobre saudades ...


Eliane Rezende - amigos são para sempre
Lia e Vanessa Ribeiro ( amigonas do meu coração)
Eliane Rezende - saudades que tenho de ti amiga linda, já se foram cerca de oito anos, mas nunca me esqueci do seu sorriso, do seu jeito doce, da sua companhia, da sua presença e do jeito especial que tinha de viver. Dos mimos para mim, da pêra para o lanche do intervalo no Lyceu,3º ano, do mousse de maracujá, das pizzas com guaraná no Habibs, principalmente amiga da sua alegria que me fazia contagiar até em dias um pouco tristes.



O sentimento não termina


se passa um dia


se passa uma noite


e às vezes uma semana inteirinha.




Saudades a gente sente de quem amamos


de quem gostamos


e simplesmente de quem levou algo que jamais de novo encontramos.




Milagres são reais e diários


Talvez algumas pessoas acham que a grande virada da vida são os planos maniquetados por vãs filosofias, por sabedorias científicas, pois é, mas do que isso é bem precioso dizer que tudo está na mãos DELE, porque PARA ELE são todas as coisas. E esta pequena, linda de rosinha, Maressa Rocha, a preciosa dona Rochinha. Muitos sabem que ela é a marca de que Deus sabe e pode todas as coisas, o exemplo fiel da Soberania do amor de Deus. Por que assim como todos os filhos de Deus, foi exatamente planejada pelo Senhor e agindo Ele quem impedirá ...
Aos Olhos do Pai -Diante do Trono

Aos olhos do Pai
Você é uma obra-prima
Que Ele planejou
Com suas proprias mãos pintou
A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe
Num toque de amor
Aos olhos do Pai
Você é uma obra-prima
Que Ele planejou
Com suas proprias mãos pintou
A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe
Num toque de amor
Você é linda demais
Perfeita aos olhos do pai
Alguém igual a você nao vi jamais
Princesa linda demais
Perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você não vi jamais
Você é linda demais
Perfeita aos olhos do pai
Alguém igual a você nao vi jamais
Princesa linda demais
Perfeita aos olhos do Pai
Alguém igual a você não vi jamais
Aos olhos do Pai
Você é uma obra prima
Que Ele planejou
Com suas proprias mãos pintou
A cor de sua pele
Os seus cabelos desenhou
Cada detalhe
Num toque de amor
Nunca deixe alguém dizer
Que não é querida
Antes de você nascerDeus sonhou com você!
Nunca deixe alguém dizer
Que não é querida
Antes de você nascer
Deus sonhou com você!
Você é linda demais
Perfeita aos olhos do pa
iAlguém igual a você nao vi jamais
Princesa...
Aos olhos do Pai

segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

Não há lugar - Ilkiss Wilhems



"E ela deu à luz o seu filho primogênito, enfaixou-o e deitou na manjedoura, porque não havia lugar para eles na hospedaria." Lucas 2:7



Certa vez uma escola resolveu apresentar a tão conhecida cena de Jesus e Maria procurando um lugar. A professora escolheu um menino de 7 anos que parecia bem crescido para sua idade para interpretar o dono da hospedaria. O menino só tinha que repetir uma frase: "Não há lugar!"


No dia da apresentação, a cortina se abre para a cena número um ... Maria e José entram e ficam perto da porta da hospedaria. José diz ao menino: - "Por favor, senhor minha esposa não está bem. Será que o senhor não teria um lugar para nós passarmos a noite? O garoto estava pronto para responder, só que ele se esquece da fala, dá um branco, começa a gaguejar. As pessoas começam a ficar desconfortáveis com a falha do garoto. José pensa então em improvisar e começa a andar em direção ao estábulo que já estava preparado para a cena seguinte. Vendo que José e Maria iam embora, o menino em desespero grita: - " Ei, na minha casa tem lugar, tem vários quartos. Venham fiquem comigo."


Nós achamos engraçado, mas muito mais gente poderia agir como o garotinho e não como o verdadeiro dono da hospedaria. Todos nós já ouvimos a história do recenseamento decretado por César Augusto. José e Maria estavam em Belém por isso, assim como muita gente na cidade. Poucos hotéis, poucas pensões, poucas hospedarias. Não tinha espaço para tanta gente assim, mas de certa forma, o dono da hospedaria não oferece o seu melhor lugar, ele oferece o lugar onde ficavam os animais, uma estrebaria que jamais poderia ser considerado um quarto de hotel.

José e Maria aceitam, porque isso era um pouco melhor do que ficar ao relento.


Mas enquanto muitos fecham suas portas e coração para Deus encarnado em forma de um bebê recém-nascido, outros como aquele menino do teatro entendem a magnitude do amor divino. Não podem deixar de acolher com alegria Aquele que veio para resgatar o mundo. Os pastores também receberem a notícia alvissareira com muito júbilo. Os anjos celebraram. Reis vieram de um lugar distante para adorar com grande e intenso júbilo (Mt 2:10). E a nós ainda hoje cabe a pergunta: Você tem um lugar para Jesus? Tem um lugar em seu coração, em sua casa, em sua vida ? Hoje é o tempo, para que a semelhança daquele menino, possamos gritar também: Vem, na minha casa tem lugar para o senhor Jesus. Faz da minha casa um lugar de alegria e júbilo porque quero Rei dos Reis.

domingo, 7 de dezembro de 2008

Imagens

Um passo


Levante e ande, assim diz o Senhor

Refresco total






Jesus é a verdadeira fonte de alegria e paz











Boa companhia - Mary e eu




Eis que estou contigo, até o final e sempre estarei diz o Senhor.

Presente de Deus






A mão de um grande amado do Senhor e que sempre será, nem que passe anos. Porque nada mudará o amor de Deus pelos filhos seus, nem mesmos os nossos pecados, temores e tribulação.Somos seus pequeninos, com um, dois, oito e 20 poucos anos.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Testemunho

Talvez algumas pessoas saibam o que aconteceu comigo por esses dias, outras se quer tem idéia, porém apenas Deus sabe de todos os momentos. Escrever essas linhas não foi fácil, tento isso desde o dia 20 de setembro, mas não consigo pela emoção, assim como voltar ao cemitério, quero tanto, mas sou impedida por uma dor aguda e sem sentido algum volto para trás.

Faz mais o menos um ano que comecei a ver a minha mãe morrer, apesar do atestado de óbito ser do dia 17 de setembro de 2008. Numa consulta de rotina aquela mulher forte, alegre e amável, queridinha da família e dos amigos, talvez percebeu que o câncer iria lhe tirar muita coisa.


Eu que sempre a tive do lado, prometi a mim mesmo que eu faria tudo para que aquele tumor não tirasse todo o amor e atenção que ela merecia. Lembrando assim sei que só Deus pôde me deixar forte, para em dez meses conseguir ficar plena, perto dela não soltar uma lágrima, mesmo que em muitas vezes estava em cacos. Em todas as situações sei que nada me sustentaria tanto se não fosse um Deus Todo Poderoso, das vezes que tinha que falar com os médicos, ou mesmo tentar maneiras de dá uma qualidade de vida melhor para quem estava cada vez mais sem vida alguma.

Não foi tão simples, nem sabia que poderia suportar tanto, confesso que é duro sim ter que pegar sua mãe praticamente no colo, vê-la gritar de dor, perder o sentido no caos, confesso que ver os sonhos sendo despedaçados e desfeitos trata-se de uma experiência sombria e marcante. Olhar dia após dia e ver a pessoa que eu mais amava indo embora me tirava também mil pedaços. Foram tantos momentos, me lembro dos cirurgiões saindo no corredor cabisbaixo, das palavras de cada um deles, Doutor Osterno, Doutora Maria Elaine e Doutor Luis Maurício. Sei que era janeiro, o começo deste ano, eu precisava ser forte, me disseram que ela morreria e eu não quis acreditar. Eles me deram um mês, Deus me permitiu dez meses.

Não foi mais doloroso saber que minha mãe estava com um câncer fulminante e terminal, doía muito vê-la sofrer e muitas vezes não poder fazer simplesmente nada, porque não estava nas minhas mãos, o sentimento de incapacidade é depressivo. Desde dezembro até setembro, nunca mais a vi sorrir de fato, aquele sorriso dela, de abrir um bocão e fechar os olhos, nem mesmo dormir uma noite se quer. E foram tantas madrugadas que só Deus mesmo que sabe.

A diferença entre saber de algo ou conhecê-lo está na experimentação, a vivência. Porque eu sempre gostei muito de dormir, e agora passava as noites, ambiente hospitalar me trazia angústia, e nesse tempo tive que conviver ali muito do pouco tempo que tinha ao lado da minha mãe, aprendendo num campo de batalha sobre vida em meio a morte. E talvez muitos podem prever o que são dez meses diante a uma situação dessa, mas de fato só quem viveu talvez consiga entender de verdade, contextualização. Mas isso não me faz sentir menor ou mesmo digna de piedade, não, isso me fez aprender bastante.

Não conseguirei dizer todas as coisas que se passaram nesses dias, quantas madrugadas inteiras fiquei em oração ou em prantos vi o Sol raiar. Enfrentei os piores momentos no trabalho, tive que aceitar incompreensão, palavrões e sentimentos contrários, quando mal poderia me sustentar em pé, cansaço físico, mental e espiritual. Tive longas conversas com Deus, indaguei Ele várias vezes, questionei e fiquei muitas vezes só em silêncio. Agradeci sim e muito por cada milagre que me concedeu dia- a-dia, que me dispôs de tê-la ao meu lado.

Foram assim dez meses, em uma vida inteira de amizade e amor que sempre tive com minha mãe, uma relação única e sem medidas para definir. A nossa relação era uma mistura de amizade, de irmã, de companhia, de liderança, de luta e conquistas, sonhos, muitos sonhos. Teve um dia que a vi chorar, ela sim sempre teve muita fé e força, em julho. Diz que se sentia enganada, que todos mentiam para ela sobre seu estado e que morreria logo. Pedi perdão a Deus, mas que apenas não permitia que ninguém tirasse dela a sua esperança de vida.

Ela sabia sim que estava ficando pior, não só quando os cabelos caíram todos, porque eles nasceram todos, agora seu organismo cada vez mais não aceitava comida, as veias já estavam cansadas de soro, remédios, transfusões de sangue, as longas sessões de nâuseas que enfrentava. E uma dor constante e dolorosa companhia, dor física. E a cena de um corpo frágil, dolorido e cansado, em que você pode ver toda a estrutura óssea, quantas vezes quis no banho poder tirar toda a sua dor, que a água levasse. Colocá-la no colo e abraçar até o último segundo, para que esse momento não chegasse.

As quimioterapias, os médicos já haviam me dito que eram paliativas, ou seja pela medicina não havia cura alguma, nem por dinheiro algum, a não ser a vontade de Deus. E os médicos estiveram ali também, os enfermeiros, ela também os conquistou, eles também se apaixonaram por aquela bela senhora corajosa e amável. Doutor Rubens José, Doutor Alan Kagan, Doutor Marcos, Doutora Luciana Dourada, Doutora Arlene, entre tantas e tantos, amigos e família. De todas os procedimentos talvez as quimios eram as mais dolorosas, sempre a acompanhei, foram seis, acho que a força toda era o amor que Deus me presenteou por aquela mulher, minha amada mãe. Três internações, em menos de dois meses, exatamente 21 dias, neste tempo, pontualmente foram cerca de 21 pessoas que vi morrer. Eu não vi de fato, minha mãe partir, às 9 horas do dia 17 de setembro, Deus me protegeu, mas vi outros filhos vendo sua mãe partindo, pessoas jovens, crianças, que pude saber a luta e a história, e vi partindo.

Agradeço a Deus por todos os dias que me permitiu a mãe preciosa que era a dona Maria Lúcia. Me questionei sim uma vezes como Deus deixou que ela sofresse tanto, queria muito que ela fosse curada, mas Ele me ensinou sobre a sua Soberania e seu Amor, sim uma das maiores lições da minha vida. Às vezes quero estar sonhando e acordar para poder ter minha mãe de volta. Mas Deus fez um milagre, um qual não esperava.

Quem tava comigo no cemitério viu que eu não tinha uma só lágrima, mas ainda assim não sei explicar de fato como foi esse momento. Tinha uma chuva inesperada, eu e minha mãe naquele caixão, porque eu também estava morrendo ali. De repente me lembrei de uma palavra de Deus, Creia tú em Cristo e Salva tú e sua casa. Minha mãe estava muito mal aqueles dias, eu com mil aflições, problemas pessoais pesados, desencontros de palavras e uma crise no trabalho, não conseguia e não dava para sair um segundo do lado dela, pela necessidade e pela situação. Não dormia há tempos, nem comer dava, me via perdendo em meio a uma luta.

Mas no dia 16 de Setembro, madrugada ainda, talvez daquelas pessoas que nada sabiam e me difamavam na crise do trabalho dormiam, e outras pessoas se quer talvez sabiam, mas isso não era importante, naquela situação em meio há tantas guerras, um campo de batalha, era só eu, de repente, vi que não estava só, tinha Deus comigo. Estava disposta a exatamente tudo para que ela ficasse bem, me anulando completamente em todas as áreas, já não me importava carreira, nome, vida sentimental e demais situações. Me despojei pela fé e anulei por amor.


E nos últimos momentos de lucidez da minha mãe, ela se despede de mim, em palavras e gestos, Deus me permite agradecê-la, dizer quanto a amava, e quanto Cristo sempre esteve do seu lado a amando incondicionalmente, e ela clama por Ele, chama em alta voz. Poucos segundos depois minha mãe estava em coma, seus rins pararam de funcionar, agora apenas os aparelhos. Não sei o que me constrage mais se é lembrar dela deitada, fraquinha com tantos aparelhos, ou se é a imagem dela naquele caixão. Um dia gigantesco, perto do fim que nunca desejei, e naquele dia mesmo o último que vi minha mãe, lembro dela mesmo entrando em estado de coma sorrindo para Mary, que foi ficar do meu lado naquele último dia desta jornada, do dia 16 de setembro.

E o que me fez reviver naquele cemitério, às 19 horas, do dia 17 de setembro de 2008 foi o mesmo Salvador que pegou a minha mãe no colo como desejava, lhe tirando todas as dores e aflições. Só Deus mesmo, sabe de todas as coisas, dessas dores e momentos desses dias, e até agora da falta que me faz ela. Só Ele me conhece intimamente para saber como e quem eu sou, antes e após tudo isso. Das palavras que me vieram, contrárias e amigas, das pessoas que só estiveram para dizer e fazer barbaridades, mas muitas outras que me fizeram tudo e bem mais do que imaginei. Foi difícil escrever, mas tenho que Deus é fiel em suas promessas, e crendo Nele sei que posso continuar a caminhada.

Obrigada a todos que tiveram e estão comigo em oração, em amor, aos que não me conhecem não precisa saber de mim, porque grande nessa história é Deus, que ama, cuida, fortalece e sobretudo Salva.

Hoje em dia desespero para mim é corpo no chão, sem salvação. Tudo é qualquer situação pode ser mudada pela obra de Deus. Diante as situações e ao que me julgam, pois é eu posso dizer que sei sim o Deus que tenho e temo. Enquanto a marcha conduzia o caixão para o enterro, uma chuva mudou completamente o cenário, eu cantei bem baixo, mas no coração, para Deus uma música do Diante do Trono, Deus sabe quanto eu preciso dele ...

Águas Purificadoras - Diante do Trono

Existe um rio, Senhor
Que flui do Teu grande amor
Águas que correm do trono
Águas que curam, que limpam
Por onde o rio passar
Tudo vai transformar
Pois leva a vida do próprio Deus
E este rio está neste lugar
Quero beber do Teu rio, Senhor
Sacia a minha sede, lava o meu interior
Eu quero fluir em Tuas Águas
Eu quero beber da Tua fonte
Fonte de águas vivas
Tú és a fonte, Senhor
Tú és o rio, Senhor
Tú és a fonte, Senhor


"Eu creio no Sol, muito embora ele não brilhe
Eu creio no amor, mesmo quando ele não é demonstrado
Eu creio em Deus, mesmo quando Ele não fala."
Texto encontrado numa parede de um campo de concentração nazista
Referências Bíblicas: Salmo 40 - que minha mãe amava
João 11:1-44
I Corintios 15:55

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Viver longe do criador - Vitor Costa

“Ai daquele que contende com o seu Criador! o caco entre outros cacos de barro! Porventura dirá o barro ao que o formou: Que fazes? ou a tua obra: Não tens mãos?” (Isaías 45:9)
A sociedade actual vive cada vez mais para si própria, preocupados com o seu amanhã, cheios de medo do mundo, do futuro, da vida…tudo provoca ansiedade, pânico e depressão!

Na verdade viver longe do Criador nem sequer faz sentido…é como imaginar nós criarmos alguma coisa que depois se esquece de nós e não nos dá valor algum…e que até duvida que existamos. É natural que nos sintamos desprotegidos e frágeis quando assim o fazemos.

As consequências desse afastamento é que a sociedade questiona Deus, como no versículo, não tendo a noção da sua Autoridade Suprema sobre toda a criação.

Somos cacos de barro entre muitos outros cacos e é assim que nos devemos considerar…quanto mais assim nos considerarmos e mais necessitados d’Ele nos sentirmos, mais o Criador nos abençoará com a sua mão poderosa.

É possível você sentir-se protegido, seguro, aconchegado, completo nestes dias maus que correm…com o Criador ao seu lado!